Adriana Borgo, membro da APPMARESP e defensora dos direitos Humanos dos Policiais, em entrevista a repórter da VTV, afiliada do SBT, fala sobre possível venda de Policiamento em Piracicaba.

12/04/2013 12:49

 

12/04/2013 às 09h00min. ocorreu a entrevista na Sede da APPMARESP 

 

A Associação surgiu da necessidade do efetivo, em sua maioria composto por praças, ou seja, policiais desde o Soldado até o Sub-Tenente, com a faixa salarial mais baixa e sem direito de voz perante a sociedade e a própria policia, de levar a conhecimento público, as necessidades básicas dessa parcela do  efetivo, desde as mais elementares, até a da própria dignidade enquanto cidadãos, então como representantes desta classe distinta, vamos conclamar pela celeridade e efetivo comprometimento das autoridades de Piracicaba, para a solução deste problema, que pelo andar da carruagem deve ter desdobramentos jamais vistos na Cúpula da Polícia local.

'A APPMARESP é imparcial, prima pela lisura, honestidade e transparência. Não estamos acusando ninguém e quem é citado terá oportunidade de se defender. Só expressamos a vontade de nossos representados. Obrigado."

 

 OFÍCIO ENVIADO AO COMANDO DO CPI-9, PELA "APPMARESP" REQUERENDO INFORMAÇÕES  PARA DEVIDA APURAÇÃO DO OCORRIDO.

                    

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!