A AMEAÇA DE GREVE EM FACE DA PLC 257 E SUAS CONSEQUÊNCIAS REAIS NA PRÁTICA

08/04/2016 16:49

EM RAZÃO DO ARTIGO 42 DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL, AS POLÍCIAS MILITARES ESTADUAIS SÃO SUBORDINADAS AOS REGULAMENTOS DO EXÉRCITO, E ENTRE SUAS PROIBIÇÕES, ESTÃO A SINDICALIZAÇÃO E A GREVE...

Os policiais militares e seus deputados ELEITOS sabem disso...

No dia 05 de Abril, na sessão plenária, o Deputado Federal Cabo Sabino declarou que, se o PLC fosse aprovado, a PM do Brasil “pararia” por 48 horas...

“Não podemos aceitar e viemos hoje deixar um recado no Distrito Federal: se insistirem em colocar os militares estaduais nesse projeto de lei, vamos fazer 48 horas de paralisação em todo o País, e o país vai saber o que é um país sem polícia. Será quando a presidente Dilma saberá a força e a importância dos militares.”

Por que um deputado policial militar ameaça de paralisação caso a PLC 257/2016 seja aprovada na Câmara?

O vídeo acima chegou até nós de maneira anônima. Não sabemos de que estado é, nem quem são os envolvidos e nem mesmo se é atual, mas serve para mostrar o perigo de se propalar uma greve interna.

Serve para que entendamos a problemática de uma INCITAÇÃO À GREVE, justamente entre a categoria que, POR EXPRESSA PREVISÃO CONSTITUCIONAL, não pode fazê-la.

NÃO PODEMOS ACEITAR QUE NEGOCIEM NOSSOS DIREITOS EMBASADOS EM AMEAÇAS VÃS!

Há anos viemos falando e publicando matérias sobre este assunto, justamente para alertar sobre os direitos dos policiais, suprimidos em razão da condição de militares.

Assistam o vídeo e vejam o que pode acontecer caso alguma fração de tropa ou caso algum contingente resolva acreditar nas promessas do deputado que, ao se eleger como tal, parece ter esquecido o que acontece com o PM grevista...

Temos que reivindicar nossos direitos, de maneira legítima, plausível e embasada juridicamente.

Quem nos representa de fato?

Pensem a respeito...

Marco Ferreira - APPMARESP


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!