Polícia Civil vê ligação entre dois dos ataques em Ribeirão no dia 19

23/10/2012 19:42
 
A Polícia Civil de Ribeirão Preto (313 km de São Paulo) informou nesta segunda-feira (22) que vê uma possível ligação em ao menos dois dos cinco ataques registrados na última sexta-feira. Na ocasião, cinco pessoas foram mortas e outras sete ficaram feridas na zona norte da cidade.
O delegado Sérgio Siqueira, do 5º DP (Distrito Policial), onde as ocorrências foram registradas, afirmou que há semelhanças nas ações que acabaram com quatro pessoas assassinadas e três feridas.
Ele se refere aos atentados que aconteceram no Avelino Palma e Quintino Facci 2. Em ambos os casos, os atiradores chegaram em uma moto, disparando contra as vítimas. "É possível que sejam os mesmos agressores", diz.
Siqueira afirmou ainda que outro ataque, no bairro Ipiranga, tem características de uma suposta vingança, já que o homem assassinado havia cumprido pena em uma unidade prisional da região.
O delegado informou que todos os casos serão investigados a partir desta terça pela DIG (Delegacia de Investigações Gerais). Ele afirma também que as primeiras apurações indicam que os atentados têm relação com a disputa por território entre quadrilhas de traficantes.
Por outro lado, a Polícia Militar apontou, em nota, que não vê relação entre nenhum dos casos de sexta-feira.
Diz ainda que otimizou os programas de policiamento existentes para aumentar a ação e inibir crimes.
"Contamos com auxílio da população, via 190 ou 181, para transmitir informações, mesmo que anônimas, que possam permitir a identificação dos autores desses crimes e, consequentemente, suas prisões", afirma na nota.
No sábado, em visita a Ribeirão, o secretário de Estado da Segurança Pública, Antonio Ferreira Pinto, cogitou enviar policiais da Rota (grupo de elite da Polícia Militar paulista) para coibir a criminalidade principalmente homicídios na cidade. Ele disse, porém, que não vê essa necessidade no momento.
Ele e o governador Geraldo Alckmin (PSDB) estiveram em Ribeirão em ato partidário de Duarte Nogueira (PSDB), que disputa o segundo turno da eleição contra a prefeita Dárcy Vera (PSD). (Folha de São Paulo).

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!