POLICIAL DO CPI-9 SE DIZ PERSEGUIDO PELOS COMANDANTES:

02/09/2013 06:06

RECADO PARA OS GERENTES DA FIRMA:

1º: Não tenho medo de transferência;

2º: Aonde eu for as minhas palavras vão junto comigo;

3º: Não existe no estado de São Paulo uma cidade sequer que tenha um destacamento, base ou unidade policial miliar que não tenha uma agência bancária do Santander ou Banco do Brasil;

4º: A sociedade vai saber que quando os comandantes não conseguem nos demitir pelas nossas opiniões, arranjam um jeito ardiloso de nos transferir de cidade, para demonstrar uma força que não possuem;

5º: Tudo o que eu disse sobre os absurdos que acontecem na firma era verdade, tanto que apesar dos subterfúgios usados contra mim, não conseguiram me punir em nenhum dos casos e eu continuo "artigo 50". Sabem por quê? Por que não dá para calar a verdade;não dá para enganar a todos durante muito tempo; não dá para tapar o sol com a peneira.

 

Na nova unidade para onde eu vou, vou levar minhas denúncias comigo e vou torná-las públicas até que todos saibam as mazelas que imperam e são encobertas dia após dia pelos que deveriam primar pela lisura e comprometimento.

Não falo contra a empresa, mas sim contra quem a administra de forma personalista e egoísta, defendendo seus próprios interesses e se beneficiando da ignorância da sociedade para se dar bem.

Nunca acreditei nos "tapinhas nas costas", nos "convites para um cafezinho" e nem nas promessas de "vou averiguar pessoalmente", pois sabia que se tratavam de ardis para ganhar tempo e tentar jogar o assunto na vala do esquecimento.
Pois bem senhores, o que até agora era um bate papo entre cavalheiros, agora se tornou num "arranca-rabo" entre desafetos...

Podem me mandar pra bem longe mas lembrem-se: Não fui eu quem começou.


Essa declaração é pessoal minha e nada tem a ver com a APPMARESP. É uma expressão absolutamente subjetiva do que sinto em relação às pessoas que se mostraram compreensivas e interessadas mas que se revelaram traidoras e infames.

Como eu disse, senhores, não tenho medo de transferências. Já é a terceira vez que sou transferido por "NECESSIDADE DO SERVIÇO" EM MENOS DE CINCO ANOS. SE ISSO NÃO SE DEU PELAS MINHAS OPINIÕES, ENTÃO EU SOU O 007 DA PM PAULISTA.

Que especializações eu tenho aponto de gerar ônus para o erário por três vezes em cinco anos sendo transferido, a ponto de isso não caracterizar "IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA"?

VOLTAREI DE FÉRIAS COM MINHAS MALAS PRONTAS E SUGIRO AOS POLICIAIS EM IGUAL SITUAÇÃO QUE NÃO SE AMEDRONTEM. A ÚNICA ARMA QUE TEM CONTRA NÓS É O RDPM, MAS LEMBREM-SE: DESDE O SOLDADO MAIS RECRUTA ATÉ O CORONEL MAIS ANTIGO ESTÃO SOB SUA ÉGIDE. O PAU QUE BATE NO CHICO PODE MUITO BEM SE VOLTAR CONTRA O FRANCISCO. JÁ PROVAMOS ISSO UMA VEZ, NÃO CUSTA FAZER O MESMO CAMINHO NOVAMENTE.

Assino: Marco Antonio Rosa Ferreira, policial militar que será transferido de novo em 16/09/2013.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!